Não apresses a viagem nunca / Do not hurry the voyage at all

PT / EN / FR ÍTACA Se partires um dia rumo a Ítaca, faz votos de que o caminho seja longo, repleto de aventuras, repleto de saber. (…) Tem todo o tempo Ítaca na mente. Estás predestinado a ali chegar. … Continuar a ler

Irmã Morte II

Irmã Morte – Post I É maravilhoso encontrar o que se pensa e sente de uma forma que jamais seria capaz de me expressar! Para ouvir o poema, declamado por Pedro Lamares: aqui “Quando vier a Primavera“, Alberto Caeiro Quando … Continuar a ler