Caminho com acompanhamento espiritual

PT Contra todas as expectativas e sinais dos tempos, cada vez recebo mais mensagens de pessoas que pretendem fazer o Caminho de Santiago em grupo mas com acompanhamento espiritual. Alguns iniciantes, outros “repetentes” que apesar de conhecerem todos os outros … Continuar a ler

Não apresses a viagem nunca / Do not hurry the voyage at all

PT / EN / FR ÍTACA Se partires um dia rumo a Ítaca, faz votos de que o caminho seja longo, repleto de aventuras, repleto de saber. (…) Tem todo o tempo Ítaca na mente. Estás predestinado a ali chegar. … Continuar a ler

Livro “GPS do Peregrino”

PT A caixa de correio continua a trazer-me óptimas surpresas e alegrias! Obrigada J.S. por esta, em que não resisti em partilhar! :) Editado no ano passado, o “GPS do Peregrino” é um pequeno livro de bolso, em formato de … Continuar a ler

Uma mochila cheia de nada / A backpack full of nothing

PT / EN Os últimos anos têm sido de busca interior incessante. O crescente desconforto no conforto impulsiona a procura de novos caminhos. Apesar dessa necessidade, nada é vivido sem a ansiedade e angústia inicial pelo desconhecido. Peregrinar rumo a … Continuar a ler

Livro “Portugal de perto”

PT Em 2008, aproveitando uma pausa profissional imposta, Nuno Ferreira decidiu colocar em prática o sonho de atravessar Portugal a pé (título do livro referente a essa experiência), incluindo as ilhas, tendo iniciando em Sagres com direcção ao norte. Neste … Continuar a ler

Partilha de Cláudia Gouvinhas: Comecei a caminhar tarde… / I started walking late …

PT / EN Cada vez mais creio que é na partilha que está o ganho. Ficamos todos a ganhar, embora cada um, individualmente e no seu íntimo, tenha a sua própria experiência de vivência do Caminho (seja o de rumo … Continuar a ler

Caminhada / Walk: Monte – Terreiro da Luta

Sexta-feira Santa é um dia especial. Apela ao recolhimento, ao distanciamento dos ruídos diários, à reflexão e à oração. Assim, o dia foi aproveitado para uma caminhada até o Terreiro da Luta que, sendo relativamente próximo do Funchal, transporta-nos para outra realidade. O … Continuar a ler

Livro “Olhares de um Peregrino no Caminho de Santiago”

O ano começou com o foco no Caminho de Santiago, através de uma prenda que me chegou às mãos. Desta feita, através do olhar nas (muitas) fotografias de Nuno Sousa e das palavras de Luís Ferreira, facilmente nos conseguimos identificar nalgum ponto. Eis … Continuar a ler

Para reflectir/meditar/orar: Passos para Mais – Caminho de Santiago

PT Fiz uma descoberta recente e como poderia não a partilhar?! Procurava algo que me fizesse reflectir e, invariavelmente, fui ao site do Passo-a-Rezar com a ideia de ouvir uma das “7 Pausas na Beleza”, que estão maravilhosamente estruturadas e … Continuar a ler

“After- Party”: Santiago e Finisterra

PT / EN Desperto sem o auxílio do despertador, o corpo já tem a sua rotina e antes de fazer qualquer movimento, fico a assimilar tudo o que foi vivido na véspera, quero ter a certeza que não foi um … Continuar a ler

Camino Sanabrés: 42. Bandeira – Santiago de Compostela. Dia apoteótico / Apotheotic day

PT /EN Etapa 42: Bandeira – Santiago de Compostela (33,8 km) À hora marcada o despertador vibra, são 3 horas da madrugada. Na verdade, quase não precisaria de colocar o alerta, a noite foi mal dormida dada a ansiedade. Levanto-me, levo … Continuar a ler

Camino Sanabrés: 36. A Gudiña – Laza. Caminhar, uma terapia / Walking as a therapy

PT /EN Etapa 36: A Gudiña – Laza (42 km) À saída da pensão é notório que choveu durante a noite, as ruas estão lavadas e o reflexo da iluminação no pavimento tem um brilho diferente. Apesar de agora termos uma … Continuar a ler

Camino Sanabrés: 30. Tabara – Santa Croya de la Tera. Estás feliz? / Are you happy?

PT /EN Etapa 30: Tabara – Santa Croya de la Tera (22,6 km) A noite não foi muito descansada e acordo com alguma preguiça. Tomamos o pequeno-almoço comunitário e saímos, eu sem grande entusiasmo. Apesar de estar fresquito a esta … Continuar a ler

Camino Sanabrés: 29. Granja de Moreruela – Tabara. Um presente / A gift

PT /EN Etapa 29: Granja de Moreruela –  Tabara (25,3 km) Hoje, para nós, é o fim da Via de la Plata. O traçado original desta estrada romana liga Mérida a Astorga, mas como continuar até lá implica chegar a Compostela … Continuar a ler

Via de la Plata: 27. Zamora – Montamarta. Lar doce Lar / Home sweet Home

PT /EN Etapa 27: Zamora –  Montamarta (18,6 km) Esta manhã temos direito a pequeno-almoço comunitário! A maioria das pessoas aproveita esta benesse e, depois da noite de ontem, voltamo-nos a reencontrar todos à mesa. À saída, as hospitaleiras despedem-se de … Continuar a ler

Via de la Plata: 24. Salamanca – Calzada de Valdunciel. Novas caras / New faces

PT /EN Etapa 24: Salamanca –  Calzada de Valdunciel (15,8 km) Nunca me deixo de surpreender com o funcionamento da nossa mente! Quando o despertador dá sinal de manhã cedo, o corpo já esqueceu que houve um dia de preguiça e … Continuar a ler

Via de la Plata: 22. Fuenteroble de Salvatierra – Morille. Enfermeira de serviço / Nurse of the day

PT /EN Etapa 22: Fuenteroble de Salvatierra –  Morille (31,8 km) Desperto na expectativa de saber o estado de saúde do Gordon e se está em condições para continuar mais uma etapa. Vou ao quarto e, embora ainda se sinta abatido, … Continuar a ler

Via de la Plata: 21. Calzada de Béjar – Fuenteroble de Salvatierra. Viagem ao centro de mim / Journey to the center of me

PT /EN Etapa 21: Calzada de Béjar –  Fuenteroble de Salvatierra (20,2 km)  Não há dois dias iguais e, se ontem o estado de espírito e os pés colaboraram, hoje, esperava-me exactamente o oposto. Transcrevo directamente do meu caderninho: “… … Continuar a ler

Via de la Plata: 19. Oliva de Plasencia – Aldeanueva del Camino. Ainda falta muito? / There is still much?

PT /EN Etapa 19: Oliva de Plasencia – Aldeanueva del Camino (30 km) Nesta fase da peregrinação, penso que o corpo já devia estar habituado a este esforço físico, mas infelizmente, ele não é da mesma opinião. Acordei ainda cansada dos … Continuar a ler

Via de la Plata: 18. San Gil – Oliva de Plasencia. Sedenta / Thirsty

PT /EN Etapa 18: San Gil –  Oliva de Plasencia (30 km) A noite foi bem dormida embora nesta fase seja estranho ter um quarto só para mim e de manhã poder acender a luz e arrumar as coisas tranquilamente sem … Continuar a ler

Via de la Plata: 17. Grimaldo – San Gil. Nasceu uma família / A family was born

PT /EN Etapa 17: Grimaldo  – San Gil (20 km) + 2 horas Quando saímos esta manhã do albergue, estávamos longe de imaginar tudo o que nos viria a acontecer! Não consegui dormir descansadamente e isso reflectiu-se de manhã nalguma falta … Continuar a ler

Via de la Plata: 16. Embalse de Alcantara – Grimaldo. Paisagem mutável / Mutable landscape

PT /EN Etapa 16: Embalse de Alcantara – Grimaldo (20,3 km) Desperto com menos dores do que nos últimos dias, o que é algo motivador para começar a jornada, embora impere alguma preguiça. Nada como ter uma subida logo à saida … Continuar a ler

Via de la Plata: 15. Casar de Cáceres – Embalse de Alcantara. Os meus convidados / My guests

PT /EN Etapa 15: Casar de Cáceres – Embalse de Alcantara (21,8 km) Durante a noite deu para descansar e recuperar um pouco dos últimos dois dias, por isso, começo o dia animada. À saída do albergue, vejo o Pepe … Continuar a ler

Via de la Plata: 14. Valdesalor – Casar de Cáceres. Reencontros / Re-encounters

PT /EN Etapa 14: Valdesalor – Casar de Cáceres (22,8 km)  Esta manhã acabamos todos por sair do albergue mais ou menos à mesma hora rumo a Cáceres, mas ao longo do trajecto as distâncias entre nós vão aumentando. Como está … Continuar a ler

Via de la Plata: 13. Alcuéscar – Valdesalor. Jantar de despedida / Farewell dinner

PT /EN Etapa 13: Alcuéscar – Valdesalor (25,7 km) Desperto cedo com o reboliço dos madrugadores que vão entrando e saindo do quarto para irem à casa-de-banho. Quando vêem que dormi no sofá, perguntam se está tudo bem. Claro que sim, … Continuar a ler

Via de la Plata: 11. Mérida – Aljucén. Gerações diferentes / Different generations

PT /EN Etapa 11: Mérida – Aljucén  (15,9 km) + 4 km Hoje opto novamente por uma etapa mais curta, já que ontem, com a visita à cidade e o calor insuportável, acabaram por me sugar energias extras. Assim, será … Continuar a ler

Via de la Plata: 10. Torremejía – Mérida. Visita à Romanolândia / Visit to the Romanland

PT / EN Etapa 10: Torremejía – Mérida (16 km) Acordo mais cedo do que o costume para me despedir da Wanda e do Marian. Não esperavam a surpresa e foi com agrado que me viram. Despedimo-nos, um último abraço apertado, muito grata … Continuar a ler

Via de la Plata: 9. Villafranca de los Barros – Torremejía. Travessia do Deserto / Crossing the Desert

PT / EN Etapa 9: Villafranca de los Barros – Torremejía (27,4 km) Noite mal dormida devido às dores nos pés. Também a antecipação da etapa, não dava grande tranquilidade, esperevam-nos longas rectas entre vinhedos, num dia de calor imenso e … Continuar a ler

Via de la Plata: 7. Calzadilla de los Barros – Zafra. A maré está cheia, mas o barco anda! / Despite the difficulties, everything is surpassed

PT / EN Etapa 7: Calzadilla de los Barros – Zafra (19 km) Mais uma noite bem dormida! Desperto ainda está de noite, preparo as coisas lentamente e, enquanto espero que amanheça, aproveito para por as SMS em dia. Dentro de … Continuar a ler

Via de la Plata: 2. Guillena – Castilblanco de los Arroyos. A Primeira Tentação / The First Temptation

Livro “Um Caminho para Todos – Diário de uma peregrina no Caminho de Santiago, Via de la Plata e Camino Sanabrés” Book: “A Camino for All – A Pilgrim’s Diary on the Camino de Santiago, The Via de la Plata and … Continuar a ler

Via de la Plata: 1. Sevilla – Guillena, A Materialização de um Sonho / The Materialization of a Dream

PT / EN Etapa 1: Sevilla – Guillena (22,2 km) O dia começou cedo, embora no meu quarto, os restantes ocupantes continuassem a descansar. A noite tinha dado para descansar, mas o sono foi instável dada a ansiedade de começar … Continuar a ler

Livro: Caminho do Amor / Book: Camino of Love

PT / EN A Anabela e o Alexandre são viajantes natos  e foi através do seu blog/Facebook Crónicas de “Um” Vagamundo que acompanhei alguns relatos da sua experiência no Caminho de Santiago. O Caminho Francês, fizeram-no em 2013, mas o livro, … Continuar a ler

4 Filmes inspiradores / 4 Motivational movies

PT / EN Muitos são os filmes que de alguma forma me inspiraram (ex.: Ferrugem e Osso, 127 Horas, O Impossível, Soul Surfer: Coragem de Viver, etc.), tendo todos em comum a superação dos intervenientes, o conseguir ir muito além dos … Continuar a ler

Peregrino, o que é?

PT /IT / EN PT (tradução livre) Porquê meter-se ao caminho, enfrentar dificuldades e distâncias consideráveis, renunciar ao conforto que se está acostumado? A resposta varia de pessoa para pessoa: sempre, porém, se trata de algo que nasce do coração, como … Continuar a ler

Dar o seu melhor

Na sua maioria, o corredor médio sente-se, acima de tudo, motivado por um objectivo concreto: está apostado em percorrer uma determinada distância num dado tempo. Desde que consiga melhorar a sua marca pessoal, um(a) atleta sente que conseguiu chegar onde … Continuar a ler

Depressão pós-caminho / Post-way depression / Dépression post-chemin

PT / EN / FR Doença ainda não estudada, mas sentida pela maioria dos peregrinos: depressão pós-caminho! Chegar a Santiago é o culminar de uma experiência que começa muito antes de se pôr efectivamente os pés a caminho, com o … Continuar a ler

Reflexão: La Faba

ES / EN Vi este texto na Igreja de S. Francisco em Santiago de Compostela. Há tanto caminho ainda por percorrer! La Faba Fraydino Aunque hubiera recorrido todos los caminos, cruzado montañas y valles desde Oriente hasta Occidente, si no … Continuar a ler

“Primeiro estranha-se, depois entranha-se!”

De há uns meses a esta parte, o silêncio abunda. No início é estranho, parece que falta algo, depois torna-se absolutamente delicioso e companheiro. Com a mudança de casa instalou-se o silêncio, sem televisão, sem rádio e por “longos” períodos, … Continuar a ler

Irmã Morte II

Irmã Morte – Post I É maravilhoso encontrar o que se pensa e sente de uma forma que jamais seria capaz de me expressar! Para ouvir o poema, declamado por Pedro Lamares: aqui “Quando vier a Primavera“, Alberto Caeiro Quando … Continuar a ler

Livro “Vagabundo dos Mares”

Não conheço o João Rodrigues, mas de certa forma ele sempre esteve um pouco presente ao longo da minha vida. Não sei precisar a partir de quando o seu nome se tornou familiar, mas a verdade é que a sua … Continuar a ler

O essencial é subjectivo

“Isto foi uma palhaçada!”, dizia alguém descontente com a sessão matinal no Museu Nacional Soares dos Reis. No passado dia 6 de Dezembro, durante todo o dia, estive num encontro organizado por “As Vozes do Silêncio – Les Voix du Silence“, … Continuar a ler

Errantes no Caminho

Era para mim uma realidade desconhecida e que aos poucos me fui apercebendo que, afinal, não é assim tão incomum. Quando em 2009, emigrada, trabalhei num serviço que (também) atendia pessoas em situação de sem-abrigo, certo dia apareceu um senhor … Continuar a ler

Do Virtual ao Real

Conforme anteriormente mencionado (aqui), este espaço aos poucos tem passado do virtual para o real. Tenho conhecido algumas pessoas que acompanham este cantinho e outras de grupos que sigo. Se inicialmente essa ideia não estava nos planos, fico contente por … Continuar a ler