Caminho Português de Santiago: As minhas etapas (My stages)

PT / EN Estas foram as etapas feitas. Aos poucos irei completar e informação relativa a cada etapa e actualizar igualmente este post. ___ These were the stages that I made. During the next month I will complete the information … Continuar a ler

Carimbos: Via de la Plata + Camino Sanabrés

PT / EN A credencial é das melhores recordações que posso guardar do Caminho. Quase todos os carimbos trazem-me à memória alguma coisa: o hospitaleiro, a cidade/aldeia, a situação, enfim, memórias codificadas que rapidamente voltam a surgir. Lamento não ter … Continuar a ler

Via de la Plata / Camino Sanabrés: As minhas etapas (My stages)

Preparação / Getting prepared 22/04/14    Sevilla 23/04/14     Etapa 1: Sevilla – Guillena (22,2 km) A Materialização de um Sonho / The Materialization of a Dream 24/04/14     Etapa 2: Guillena – Castilblanco de los Arroyos (19 km) A Primeira Tentação / … Continuar a ler

Albergues do Caminho Português de Santiago

Se alguém tiver informações a acrescentar, agradeço! Fonte: Texto da Via Lusitana Notas: – Os Bombeiros fornecem, nalgumas localidades, alojamento. Não é essa a vocação dos Bombeiros, mas fazem-no num espírito de serviço. Em muitos casos não há que contar com um … Continuar a ler

Livro “Santiago Santiago”

“Santiago Santiago – Caminho de Santos, Cavaleiros, Heróis e Vilões”, de Hans Aebli Aebli e a sua mulher, Verona, decidiram fazer o Caminho de Santiago saindo da sua casa, na Suíça. Este livro relata a sua experiência de 3 meses … Continuar a ler

Logística: repondendo às dúvidas

Depois da publicação da reportagem sobre este projecto (pode ler aqui), recebi algumas mensagens com dúvidas relativamente à parte logística da peregrinação em 2013, de modo a poderem decidir se podiam ou não se juntar à caminhada. Organização: Antes de … Continuar a ler

Caminho Português, muito por aproveitar ainda!

“Segundo a “Análise económica da  peregrinação de 2011”, elaborada pela Federação Espanhola das Associações de Amigos do Caminho de Santiago, só os peregrinos tradicionais (a pé, de bicicleta e a cavalo) gastaram 188,6 milhões de euros, cabendo à Galiza arrecadar … Continuar a ler

Albergues III

Mais algumas informações sobre os albergues: – Nos albergues municipais não é permitido pernoitar mais do que uma noite, de modo a evitar que se faça turismo, ocupando assim espaço que poderia ser utilizado por outros peregrinos. Em caso de … Continuar a ler

Credencial

A Credencial, é o “passaporte” do peregrino (que vai a pé, de bicicleta ou a cavalo)! É essencial ter uma para poder pernoitar num albergue municipal e/ou no final do Caminho obter a Compostela (género de certificado que comprova que efectuou … Continuar a ler

Albergues II

Os albergues são muito diferentes entre si. Alguns são estilo camarata, com um grande quarto onde estão beliches, outros com quartos mais pequenos (6, 8, 10 pessoas). Os quartos são sempre mistos. Existem balneários e/ou casas de banho (por vezes … Continuar a ler

Albergues I

Cada vez existe um maior número de albergues municipais de modo a poder acolher os peregrinos, mas também o número de albergues privados e hotéis tem aumentado. Estes encontram-se com alguma frequência, podendo os caminhantes decidirem se pretendem fazer etapas … Continuar a ler