TEDxFunchal: O Caminho és Tu / TEDxFunchal: The Way is You

PT / EN (English version please scroll down)

Vídeo

No passado dia 28 de Outubro decorreu a primeira edição da TEDxFunchal, o primeiro evento TED na Madeira, organizado em parceria com a Associação dos Antigos Alunos da APEL.

Há vários anos que sou “consumidora” de TED Talks, por serem inspiradoras e debruçarem-se sobre os mais diversos temas de forma compreensível a todos, mesmo nas áreas mais técnicas. Apesar de ser algo que gosto muito, jamais pensei poder vir a fazer parte de um evento enquanto oradora, tendo sido uma enorme surpresa receber um contacto nesse sentido!

Ted capa

Foram dias, semanas, de muita ansiedade e arrependimento por ter aceitado o convite. Que mania agora de aceitar todos os desafios que vêm ao encontro! Stressei, esperneei, arrependi-me, perdi o apetite (pela primeira vez em três décadas de existência), estive em fase de negação e, por fim, sem alternativa viável, fiz o melhor que sabia e tentei “curtir” o momento.

Pensei, genuinamente, que teria um ataque cardíaco ao longo do processo… a taquicardia foi uma constante e, há muito, muito tempo que não tinha aquela sensação do “Mas o que é que eu estou aqui a fazer?” Levei ao limite esse receio, tal e qual como nos cartoons em que uma situação mínima se torna gigante e ocupa um episódio inteiro. (A minha cabeça ainda funciona assim e, felizmente, na altura só tínhamos a RTP-Madeira, senão nem quero pensar como seria!)

2

Falar em público e, talvez mais ainda, expôr as minhas histórias, vulnerabilidades, dúvidas, falhas, não são ainda tarefa fácil. Mas o Caminho já foi mais longo e este foi mais um passo de libertação.

À parte do desafio pessoal, a oportunidade e privilégio de ter podido conhecer tantas pessoas, boas pessoas, tanto na organização, como nos outros oradores, técnicos,  etc., é o que guardo de mais valioso de toda esta experiência. Algumas conhecia de nome, outras acompanhava nas redes sociais e outras já tinha assistido a palestras, por isso, poder conhecer pessoalmente foi uma enorme alegria.

Oradores:

Ana Umbelino: entre 1001 outras actividades, participou na Marathon des Sables, atravessando o deserto durante 7 dias em autonomia. A forma como consegue estruturar e verbalizar os pensamentos e sentimentos mais recônditos, é notável.

André Leonardo: já acompanhava o percurso do jovem empreendedor (Faz Acontecer) há vários anos, mas poder ouvir ao vivo algumas das histórias da sua volta ao mundo foi ainda mais cativante.

Carlos Coelho: o senhor guru do Marketing (Ivity). Refere que “há anos que anda sempre a dizer a mesma coisa” e não é por falta de originalidade (essa brota constantemente). Mas, se quem o convida colocasse em prática algumas das ideias, o mundo já poderia estar um bocadinho melhor.

Carlos de Andrade: Líder de vários projectos e equipas numerosas, encontra-se em fase de mudança. Fico com a sensação de que o melhor ainda está por vir e não irá demorar demasiado a acontecer. Bom Caminho!

Francisco Câmara: Engenheiro Aeroespacial, tem desculpa para andar com a cabeça na lua (ou em Marte), mas os pés estão bem assentes no chão. De forma divertida e acessível a todos, explica as maravilhas da tecnologia aplicada ao nosso dia-a-dia. (site)

Prof. Jesus: foi professor toda a vida, mas entre a teoria e a prática, não deixa de ser crítico ao que se passa no sistema e a apontar um rumo diferente do actual.

Luisa Sousa: já conhecem daqui o que a casa gasta… uma viagem entre Bósnia, Caminhos de Santiago e Timor.

– Prof. Onésimo Teotónio Almeida: À parte de todos os títulos e competências, passou ao lado uma carreira de stand-up comedian. Com uma memória invejável e um à-vontade que enche imediatamente uma sala, as mensagens passam de forma divertida.

Maria João e Leonardo Gonçalves: Ela, a certa altura de mudou de profissão e de vida, dedicando-se ao cake design. Auto-didacta e sonhadora, mantém o foco e faz trabalhos incríveis. Ele, assertivo, webcoach, faz o contraponto, proporcionando complementaridade numa dupla invencível.

Nini Andrade: E de repente o ambiente transforma-se, torna-se mais leve, a voz é doce, mas cheia de vida, de ideias e de rebeldia, da boa. Não existe medo do ridículo e ninguém diga que algo é impossível, isso não existe. Ficou demonstrado que as ideias aparentemente mais malucas, quando trabalhadas e sustentadas, são as que se tornam vencedoras! (site)

Paula Lourenço: Comunicadora nata, partilhou um pouco do seu conhecimento sobre técnicas de comunicação, contando com a dupla musical NuLo. (Obrigada pelo workshop privado!)

Vanessa Aires: E se as crianças pudessem ter maior contacto com a natureza e de forma contínua, que beneficíos traria a nível individual e de comunidade? A Vanessa levou-nos a uma espécie de bosque encantado e ao Nepal, para absorvermos um pouco da sua visão sobre o que deveria ser a educação dos pequenotes.

Reflexões ao longo do dia e no rescaldo:

– Os maiores, são mesmo as pessoas mais simples. Essa simplicidade de ser e estar deixa espaço para que sejam geniais naquilo que fazem.

– Ser “free spirit” nada tem a ver com irresponsabilidade, loucura gratuita ou confiança desmesurada. Está, sim, relacionado com estar atento aos seus instintos, discernir e seguir em frente apesar de todas as barreiras.

– Apesar de percursos de vida bem distintos, creio que todos os testemunhos tiveram pontos em comum.  Numa apresentação em especial, a identificação com o discurso foi total (e fiquei contente e mais relaxada por ter encontrado a minha sósia para eventos futuros).

– Para mim, o objectivo não é pensar n’“O que farias se não tivesses medo?”, mas “Wow, o que continuas a fazer apesar dos teus medos”. Receios, dúvidas existênciais e incertezas, sei que nunca as vou deixar de ter (conheço-me bem a esse nível), mas, ainda assim, isso não me paraliza.

Depois de tudo isto, fica uma enorme alegria por ter tido o privilégio de ter podido assistir e estar por perto de todas estas pessoas. Fica a vontade de querer continuar a aceitar desafios, os meus, à minha escala, sem comparações. O Caminho é longo e o mais interessante não é chegar ao fim, mas continuar a percorrê-lo.

A toda a organização, um enorme bem-haja por todo o carinho, cuidado, simpatia, disponibilidade e paciência. Foram impecáveis!

Por fim, porque um Caminho nunca se faz sozinho, um enorme agradecimento: Carolina, Cláudia, Luís e Ricardo, pelas sucessivas revisões ao texto; T. Amélia pelas fatiotas (e ter-me impedido de comparecer em todos os eventos de sapatilhas e “estilo peregrina”); Márcia, pela paciência infinita e confiança inabalável.

Priceless!!

Nota: Vídeo disponível AQUI.

____

EN

“The Way is you” – VIDEO

Last October 28th was the first edition of TEDxFunchal, the first TED event in Madeira, organized in partnership with the Association of Former Students of APEL.

For several years, I have been a consumer of TED Talks, as they are inspiring and dealing with diverse topics in a way that is understandable to everyone, even in the most technical areas. Although it is something I like very much, I never thought I could be part of an event as a speaker. So, it was a huge surprise when I got a contact to be part of it!

It was days, weeks, of anxiety and regret for having accepted the invitation. I’ve stressed, regretted, lost my appetite (for the first time in three decades of existence), I was in a denial phase and, finally, with no viable alternative, I did the best I knew and tried to “enjoy” the moment.

I thought, genuinely, that I would have a heart attack throughout the process … the tachycardia was a constant, and for a long, long time I did not have that feeling of “But what am I doing here?” I took to the limit this fear, just as in the cartoons in which a minimal situation becomes giant and occupies an entire episode. (My head still works like this and fortunately, at the time we only had RTP-Madeira (regional channel with no much choice to watch).

Public speaking and, perhaps more, exposing my stories, vulnerabilities, doubts, failures, are not yet an easy task. But the Way was already longer and this was another step of improving.

Aside from the personal challenge, the opportunity and privilege of having been able to meet so many people, good people, both in the organization, as the speakers, technicians, etc., is what I hold most valuable of all this experience. Some of them I already knew by name, others I followed on social networks and others I had seen them in other events, so being able to meet in person was a great joy.

Speakers:

Ana Umbelino: among 1001 other activities, participated in the Marathon des Sables, crossing the desert for 7 days in autonomy. The way she can structure and verbalize her innermost thoughts and feelings is remarkable.

André Leonardo: followed already his path as a young entrepreneur (Faz Acontecer) for several years, but to be able to listen live some of the stories of his travel around the world was even more captivating.

Carlos Coelho: the marketing guru (Ivity). He says that “he has been saying the same thing for years”, and it is not because of a lack of originality. If the ones whom invites him to speak already did put some of the ideas into practice, the world could be a little better place.

Carlos de Andrade: Leader of several projects and numerous teams, is in the process of life’s change. I get the feeling that the best is yet to come and will not take too long to happen. Have a good way!

Francisco Câmara: Aerospace Engineer (Spinworks), has an excuse to have his head on the moon (or Mars), but his feet are well on the ground. In a fun and accessible way to all, he explains the wonders of the technology applied to our day-to-day.

Prof. Jesus: he was a teacher all his life, but between theory and practice, he is still critical of what is going on in the system and pointing a different direction from the current one.

Luisa Sousa: you already know from here a little bit about me … talked a bit about my lessons in a trip to Bosnia, the Way of Santiago and East-Timor.

Prof. Onésimo Teotónio Almeida: Apart from all the titles and skills, he passed along a comedic stand-up career. With an enviable memory and an easy-going one that immediately fills a room, the messages pass in a fun way.

Maria João and Leonardo Gonçalves: She at one point changed profession and life, dedicating herself to cake design. Self-taught and dreamy, she keeps the focus and does incredible work. He, assertive, webcoach, makes the counterpoint, providing complementarity in an invincible duo.

Nini Andrade: And suddenly the environment changed and becomes lighter, the voice is sweet but full of life, ideas and rebellion, in a good way. There is no fear of ridicule and nobody is allowed to say that something is impossible, it does not exist to Nini. It has been shown that the seemingly craziest ideas, when worked and sustained, are the ones who win!

Paula Lourenço: Communicator, shared some of her knowledge on communication techniques, relying on the musical duo NuLo. (Thanks for the private workshop!)

Vanessa Aires: What if children could have more contact with nature and on an ongoing basis, what benefits would it bring to individual and community level? Vanessa took us to a kind of enchanted forest and to Nepal to absorb some of her insight into what the education of the little ones should be.

Reflections throughout the day:

– The bigger ones are the simplest people. This simplicity of being leaves room for them to be genial in what they do.

– Being “free spirit” has nothing to do with irresponsibility, gratuitous madness or excessive confidence. It is, rather, related to being attentive to your instincts, discerning and moving forward despite all the barriers.

– Despite very different life paths, I believe that all the testimonies had points in common. In one particular presentation, the identification with the speech was total (and I was glad and more relaxed to have found my look-alike for future events).

– For me, the goal is not to think about “What would you do if you were not afraid?”, but “Wow, what you still do despite your fears.” Fears, doubts, and uncertainties, I know I will always have them, but it does not paralyze me.

After all this, it is a great joy to have had the privilege of having been able to watch and be around all these people. It makes me want to continue to accept challenges, mine, on my scale, without comparisons. The Path is long and the most interesting is not to get to the end, but to continue to walk it.

To the whole organization, a huge well-being for all the care, sympathy, availability and patience. You were five stars!

Finally, because a Way is never done alone, a huge thanks to: Carolina, Cláudia, Luís and Ricardo, for the successive revisions of the text; T. Amelia for the styling (and having prevented me from attending all the events with sneakers and in a “pilgrim style”); Márcia, for the infinite patience and unshakable confidence.

Priceless !!

Note: Video is available on Youtube, click here.

Anúncios

2 thoughts on “TEDxFunchal: O Caminho és Tu / TEDxFunchal: The Way is You

  1. Parabéns uma vez mais! Agora pela excelente retrospetiva da nossa TED e por me ter dado a possibilidade de poder voltar a saborear todos os testemunhos, todos os ensinamentos!! Obrigado!! Muita Saúde para continuar caminhando e poder testemunhar o Amor e a Dádiva!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s