Partilha de Juciara Nepomuceno: “Três lições do Caminho”

E chegaram notícias do Brasil!
Obrigada Juciara pela partilha, havendo vários pontos em comum com a minha própria experiência. :)

Para quem quiser participar, o desafio foi lançado aqui! :)

Texto de Juciara Nepomuceno, Blog Destino Algum

Três lições do Caminho

Há mais ou menos 5 meses eu e meu noivo começamos a caminhada mais dolorosa e espetacular das nossas vidas, o Caminho Francês até Santiago de Compostela. Lembro perfeitamente do nosso primeiro dia, uma chuvinha caindo em San Jean Pied-Port, nosso medo, insegurança, nervosismo, ansiedade, felicidade, uma mistura de sentimentos. E quando atravessamos a ponte da cidade rumo a Santiago senti que não tinha mais volta, agora era caminhar.

Os primeiros dias para mim foram os mais difíceis, levamos muita coisa nas mochilas, coisas desnecessárias que achávamos super importantes enquanto planejávamos. Eu que sempre sonhei fazer essa peregrinação, coloquei em duvida esse desejo a cada morro cheio de barro que precisávamos subir e descer. Vontade de desistir? Muita e constante, porém alguma coisa me dava força para continuar. Além é claro do apoio do meu companheiro, ele carregou até o peso que era meu durante alguns Km, para aliviar a minha dor. E daí tivemos a primeira grande lição do Caminho, o desapego. Aprendemos que muitas coisas materiais que damos tanto valor, em momentos como esses só atrapalham e é melhor se desafazer disso tudo antes que isso nos prejudique.

Os dias e os km iam passando, quando percebemos, já não eramos mais um casal fazendo a caminhada, mas eramos parte de uma grande equipe, em que todos caminhavam juntos todos os dias, cada um no seu ritmo, mas com a preocupação de desejar um bom caminho, perguntar se aquela bolha já curou, se você está se sentindo bem, apoiar a não desanimar, partilhar as histórias de vida. E essa foi minha segunda grande lição, a preocupação com o próximo. A dor do corpo e o cansaço vão dando lugar ao sentimento, ao carinho por pessoas que as vezes você nem sabe o nome. E ouvindo as histórias de vida e os motivos dos outros peregrinos, você percebe o quão pequenos são seus problemas.

Pessoalmente, durante a caminhada eu percebi poucas mudanças, não via a revolução que essa reflexão toda estava fazendo na minha vida. Foi quando a caminhada acabou que comecei a perceber o marco que tinha sido na minha vida. Nesses quase 5 meses, lembro todos os dias de algum momento do nosso caminho, por incrível que pareça já tive a impressão de sentir o cheiro das flores, viajo nas fotos que temos, me emociono vendo ou lendo algo relacionado ao Caminho e tento ao máximo, colocar aquela simplicidade que aprendi a viver no meu dia a dia, porque a terceira grande lição do Caminho é que ele não acaba em Santiago e continua com você. E eu, depois de todo esforço físico, dor, cansaço, eu só penso que em breve quero mais uma vez percorrer aquelas trilhas e viver tudo aquilo novamente.

NOTA: O conteúdo (texto e fotografias) são da inteira responsabilidade do seu autor.

Outras partilhas:
– Mário C. e Teresa V.: “Sentir o Caminho”
– Cláudia Gouvinhas: “Comecei a caminhar tarde…”
– David Prior II: Camino Primitivo 2014 – la puesta a prueba tres años después
– Joana Vaz Teixeira: “Caminhando se faz o Caminho”
– Daniela Mello : “Falar do Caminho de Santiago tira boa parte do encanto que é vivê-lo”
– David Prior: “De un reto a un camino de descubrimientos y experiencias”
– Luís: “Caminho de Santiago: Grandes dúvidas e grandes desafios”
– Juciara Nepomuceno: “Três lições do Caminho”
– David Rodrigues: “KM 0 – Quando pensares que o Caminho terminou…”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s