Mãe Natureza

CF - Mãe NaturezaPT / EN / FR

Apesar de ter nascido numa ilha (re)conhecida pelos seus encantos naturais e desde sempre ter usufruído disso pelo contacto directo e constante, penso que só comecei verdadeiramente a apreciar cada coisa da Mãe Natureza com o Caminho de Santiago:
– o nascer do sol, que aos poucos vai aquecendo e fazendo esquecer a fria madrugada;
– a sombra de uma árvore no meio de um descampado, permitindo uma pequena pausa para refrescar;
– um terreno relvado, que permite aos pés uma pausa do massacre de caminhar sobre o areão ou o asfalto a ferver;
– um ventinho para refrescar e permitir uma caminhada mais agradável;
– a chuva que também pode ser refrescante ou ajudar a assentar a poeira, além de permitir que as plantas continuem verdinhas e saudáveis;
– as frutas sumarentas que nos saciam a sede;
– a água fresca das fontes que são um autêntico presente;
– as belas paisagens que nos rodeiam e tornam a caminhada em algo aprazível;
– etc., etc., etc.
Quão bondosa é a Mãe Natureza! Apesar de ter começado a apreciar um pouco tarde, agora é um processo irreversível! :)

_____

EN

Mother Nature

Although have born in an island well known for its natural charms and always have enjoyed it, I think that I just started to truly appreciate everything from Mother Nature with the Camino de Santiago:
– the sunrise, which gradually warms and make us to forget the cold morning;
– the shade of a tree in the middle of an open field, allowing a short break for recover;
– a grassy field, allowing a break for the feet from the massacre of walking on gravel or in the hot asphalt;
– a breeze to cool and allow a more pleasant walk;
– the rain that can also be refreshing, help to settle down the dust and irrigate the plants;
– the juicy fruit to quench our thirst;
– fresh water from the sources are a wonderful gift;
– The beautiful landscapes that surround us and make walking such a pleasant activity;
– Etc, etc, etc….
How kind is the Mother Nature! Despite starting to enjoy it a bit late, now is an irreversible process! :)

_____

FR

Mère Nature

Malgré avoir née dans une île (re) connue pour ses charmes naturels et ont toujours apprécié par le contact direct et constant, je pense que j’ai juste commencé à vraiment apprécier tout de Mère Nature avec le Camino de Santiago:
– Lever du soleil, qui se réchauffe progressivement et de faire oublier le froid du matin;
– L’ombre d’un arbre au milieu d’un champ ouvert, permettant une courte pause pour se rafraîchir;
– Un terrain herbeux, permettant pieds une pause du massacre de marcher sur du gravier ou de l’asphalte à ébullition;
– Un jeu d’enfant pour refroidir et permettre une plus agréable promenade;
– La pluie peut être rafraîchissante et aider à régler la poussière, et permettre aux plantes de rester en bonne santé et de billets verts;
– Le fruit juteux pour étancher notre soif;
– Les sources d’eau douce sont un don authentique;
– Les beaux paysages qui nous entourent et rendent la marche agréable;
– Etc, etc, etc …
Comment la Mère Nature est généreuse! Malgré avoir commencer à profiter de tout ça un peu tard, maintenant il est un processus irréversible! :)

(Fonte Imagem: Cláudia Florença Photography)
Anúncios

4 thoughts on “Mãe Natureza

  1. Bom dia, entrei em seu site para informar-me sobre o caminho de Santiago. Tenho mt vontade de fazê-lo. Encontrei seu site através do Facebook de uma amiga, que já fez esse caminho. Estou deliciando cada poste , quero um dia fazer esse caminho. Moro em Porto. Gostaria mt de saber a época mais calma de fazê-lo e qual dos caminhos é melhor em termos de sossego, paisagem, apoio.Parabéns! és generoso e amigo. Obrigada.

    • Bom dia Rogenia!
      Muito obrigada pelas simpáticas palavras.
      Quanto às dúvidas colocadas, vou dar a minha opinião, mas não deixa de ser isso mesmo, a minha opinião, pois também ainda não conheço todos os caminhos.
      Quanto à época calma, depende do Caminho escolhido. O Francês/Português, a melhor altura deverá ser Primavera e Outono, evitando a Páscoa, época de férias e outras datas mais simbólicas. Bom, no Inverno deverá ser a época mais calma, mas com chuva, neve e frio, para mim não é opção por todas as limitações e/ou preocupações extra que isso implica. Para percorrer a Via de la Plata, a melhor altura também será Outono/Primavera, por ter um clima mais ameno, mas aí será a época alta desse caminho.
      Segundo as estatísticas, o caminho Francês é o mais percorrido de todos, seguido do Português, portanto todos os outros serão mais calmos :)
      Nunca percorri o Caminho do Norte e o Primitivo, mas pelas fotografias que vi, a nível de paisagem/natureza deverão ser os mais bonitos. O bonito disto tudo é que cada caminho tem os seus prós e contras, uns com mais peregrinos, outros com paisagens mais “cansativas”, menos serviços disponíveis, etc. Em todo o caso, a experiência será sempre positiva ;)
      Estando no Facebook, poderá seguir vários grupos/páginas dedicadas ao tema e aí também ir esclarecendo algumas dúvidas que vão surgindo.
      Sendo a 1ª vez que pretende fazer o caminho, poderá optar por um trajecto mais curto, ver como se adapta e mais tarde partir para outro mais longo. ;)
      Qualquer coisa em que possa ser útil, estou à disposição.
      Buen Camino,
      Luisa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s