Albergues III

Mais algumas informações sobre os albergues:

– Nos albergues municipais não é permitido pernoitar mais do que uma noite, de modo a evitar que se faça turismo, ocupando assim espaço que poderia ser utilizado por outros peregrinos. Em caso de doença grave deverá haver excepções.

– Na teoria os peregrinos que fazem o Caminho a pé têm prioridade na entrada e obtenção de cama, sobre os que o fazem em bicicleta ou a cavalo. Na prática, pelo que vi, o que conta é mesmo a ordem de chegada!

– Alguns albergues têm cozinha e os utensílios necessários para cozinhar, outros não!

– Há albergues com computador e acesso à internet, massagens, máquinas de vending (tudo pago à parte) e outros que não têm nenhuma destas tecnologias.

– Para ficar nos albergues é obrigatório ter um saco-cama, lençol ou qualquer tipo de protecção para a cama. Há algum tempo começou a ser obrigatório os próprios albergues fornecerem uma protecção para o colchão e almofada, por razões de higiene, mas essa não é suficiente!

– Também por razões de higiene, para prevenir, é pedido aos peregrinos que não coloquem as mochilas em cima das camas, dado que esta anda tantas vezes pelo chão.

– Quase todos os albergues têm à entrada do mesmo ou dos quartos uma prateleira para serem colocadas as sapatilhas, de modo a não sujarem o interior.

Albergues I, Albergues II

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s