Sinais: mas afinal o que são?

Muitas vezes, quando se fala em sinais, as pessoas estão à espera de grandes acontecimentos, algo espantoso e sobretudo vistoso! Como isso é raro acontecer, a decepção e a descrença aumentam.
A meu ver, tudo o que temos à nossa volta já é tão extraordinário (ex.: nascimento de uma criança, a perfeição do corpo humano, a capacidade de raciocínio, o amor dos nossos, etc.), que não espero nada de fisicamente/visualmente extravagante.
Assim sendo, embora continue a achar que os “pequenos sinais” são na mesma enormes, aos olhos da maioria das pessoas continuarão a ser apenas coincidências, pequenos, insignificantes ou até mesmo alucinações. Respeito a opinião alheia, mas é pena que não se aproveite mais estas indicações, que não estejamos mais atentos, porque estas não acontecem apenas a pessoas iluminadas, acontece é que nem todos os que estão a olhar, estão atentos o suficiente para ver!

Sinais: IIIIIIIV e V

(Fonte imagem: http://oelementofogo.blogspot.pt/2011/11/sinais-divinos.html)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s