As Bem-Aventuranças do Peregrino

Bem-aventurado és, peregrino, se descobres que o caminho te abre os olhos ao que não vês.

Bem-aventurado és, peregrino, se o que mais te preocupa não é chegar, e sim chegar com os outros.

Bem-aventurado és, peregrino, quando contemplas o caminho e descobres cheio de nomes e amanheceres.

Bem-aventurado és, peregrino, porque descobriste que o autêntico caminho começa quando se acaba.

Bem-aventurado és, peregrino, se a tua mochila vai esvaziando de coisas e teu coração não sabe onde colocar tanta emoção.

Bem-aventurado és, peregrino, se descobres que um passo atrás para ajudar o outro vale mais que cem passos à frente sem olhar ao seu redor.

Bem-aventurado és, peregrino,quando te faltam palavras para agradecer tudo o que te supreende em cada lugar do caminho.

Bem-aventurado és, peregrino, se buscas a verdade e fazes do teu caminho uma vida e de tua vida um caminho em busca de quem é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Bem-aventurado és, peregrino, se no caminho te encontras contigo mesmo e te presenteias com tempo, sem pressa, para não descuidar da imagem de teu coração.

Bem-aventurado és, peregrino, se descobres que o caminho tem muito silêncio; o silêncio da oração; e a oração de encontro com o Pai que te espera.

(Autor desconhecido)

(Fonte Imagem: http://ultreya-ibf.blogspot.pt/2011/01/ultreya-vi-de-allariz-santiago-pelo.html)
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s